Informações Úteis

A Triplab reúne diversas informações para tornar a sua viagem mais segura e completa.Confira nossa listade orientações, informações e links úteis:

Viajando com seu animal

Escrito por: Enzo Marzo, atualizado em 11/07/2018

Quais as regras para viajar de avião com meu animal doméstico?

Para os cães e gatos em viagens nacionais é necessário estar com as vacinas em dia, obter o certificado de vacinação antirrábica e o atestado de saúde emitido por um médico veterinário inscrito no CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária). Para outros animais se torna necessário obter uma Guia de Transito de Animal (GTA) que é emitido por um veterinário habilitado pelo Ministério da Agricultura. 

Para viagens internacionais, além dos itens acima, é necessário o CZI (Certificado Zoosanitário Internacional), que seria como o passaporte de seu animal, emitido gratuitamente nos aeroportos internacionais, pelo Ministério da Agricultura. Dependendo do destino também é exigido o Microchip.

Além disso, cada companhia aérea estabelece regras especificas para o transporte de animais. O tamanho, idade e raça do animal e o modelo do avião impactam nas exigências das companhias aéreas. 

Obs: a vacina antirrábica precisa ser emitida entre 1 ano e 30 dias da viagem

 

É preciso pagar?

Sim, o custo não está incluso na passagem e se torna necessário pagar pelo transporte do animal. 

 

Onde o animal vai?

Cada companhia aérea tem uma regra para definir se o animal pode ir na cabine (geralmente limitados a 1 ou 2 animais por voo) ou no compartimento de carga. Independente de onde ele for é necessário colocá-lo em uma caixa com tamanhos predeterminados (que varia de cada companhia aérea).

 

Como transportar o animal?

É necessário colocá-lo em uma caixa com tamanhos predeterminados

Essa regra varia de acordo com cada companhia aérea e do tipo de aeronave. Em termos gerais é necessário colocá-lo em uma caixa com tamanhos predeterminados. 

 

Dica: Não deixe para emitir os certificados em cima da hora, mesmo que alguns deles tenham validades extremamente curtas (como é o caso do CZI), emita-os pelo menos no dia anterior.